Tími  6 klukkustundir 49 mínútur

Hnit 5044

Uploaded 25. október 2016

Recorded október 2016

-
-
1.341 m
592 m
0
19
39
77,99 km

Skoðað 1021sinnum, niðurhalað 25 sinni

nálægt Morro do Pilar, Minas Gerais (Brazil)

Trajeto feito em motos trail e bigtrail. Suzuki DR650, Yamaha XT600, Honda Sahara 350, Yamaha Ténéré 250 e Honda Tornado 250. Nenhuma moto preparada pra trilha, todas originais. É um misto de estradão e estradas vicinais, geralmente em condições medianas, mas com alguns trechos bem íngremes, com erosões, travessias de rios e pedregosos.

Vídeo do passeio no Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=PVJBpXaKIk4

COMO CHEGAR:
O trajeto tem início nas proximidades de Morro do Pular, no balneário do Rio Picão. O centro de Morro do Pilar está a cerca de 150km de Belo Horizonte, o acesso principal é via Serra do Cipó, pela rodovia MG-010 (totalmente asfaltado).

A TRILHA:
Do balneário seguimos no sentido oposto ao centro da cidade e entramos na estrada para Areias, que possui uma placa indicativa. A primeira parte é quase sempre por estrada de terra em boas condições. Por volta de KM17,5 deixamos a estrada principal e entramos por uma vicinal. Após a travessia de um pequeno córrego com leito arenoso, começa uma pesada subida com pequenas erosões e algumas pedras soltas.

Ao final da subida a estrada melhora e chegamos bem próximos da Estrada Real, mas tomamos à direita em um atalho pra Cabeça de Boi. Depois de uma longa descida passamos por algumas propriedades e porteiras. Há alguns pontos alagados, mas que não oferecem desafio. Depois de algumas porteiras chegamos a travessia do Rio Preto do Itambé. O leito neste trecho do rio é pedregoso e pouco profundo, é uma travessia fácil embora tenha por volta de 15 metros de extensão. Após o rio uma longa subida até interceptar o estradão que liga Itambé do Mato Dentro a Cabeça de Boi (Santana do Rio Preto).

Em Cabeça de Boi almoçamos em um dos poucos restaurantes ao redor da praça principal. De lá seguimos em direção às cachoeiras do povoado. Após mais uma travessia de rio, pouca coisa mais profunda que a anterior, pegamos à esquerda na bifurcação.

Passamos por um trecho em condições medianas, com muitas porteiras em sequência e aclives com pedras soltas. Pequenas travessias de água pelo caminho. No KM44,5 deixamos a estrada "principal" e passamos a seguir por outra, à direita de uma porteira. Após uma longa subida, começou uma pesada descida até Serra dos Linhares. Logo no começo do declive há uma curva bem fechada, após a curva começam as erosões e pedras soltas. São cerca de 500 metros que exigem boa atenção para desviar das valas e pedras. Em alguns pontos o arame farpado da cerca passa bem rente a estrada.

Ao final da descida tem o pequeno povoado de Serra dos Linhares. A partir daí começam pequenos trechos asfaltados, devido aos impressionantes aclives pra sair do local. Após uma pequena descida entramos à esquerda para o mirante de Serra dos Alves. Este é O DESAFIO desta rota. A subida é um single track bem puxado, subimos um bocado com as motos, mas no final da subida agarramos. Para não perder a viagem fomos a pé até uma parte do mirante, de lá tínhamos a vista para Senhora do Carmo (leste) e Serra dos Alves (oeste), com os imponentes paredões da Serra do Espinhaço de fundo.

De Serra dos Alves seguimos para Ipoema pela estrada principal, com direito a uma breve parada na ponte sobre o Rio Tanque para tirar a poeira do corpo. Fim da rota na praça central de Ipoema.

CONSIDERAÇÕES:
- Trajeto pode ser feito em qualquer moto trail ou bigtrail (mas tem que ser bigtrail de verdade, aro 19 na frente é mais complicado). Lembrando que quanto mais pesada a moto, mais difícil pra segurar nas descidas e pra desviar das valas e pedras.

- Iniciamos 11:14 e finalizamos 18:02, precisamente.

- Nenhum trecho totalmente isolado, passamos por diversas casas e propriedades, mas grande parte estava sem movimento;

- Movimento considerável de bois, vacas e cavalos;

- Trajeto integral pode ser feito em 4x4. Viaturas originais podem ter mais trabalho na descida antes de Serra dos Linhares, a 7km de Cabeça de Boi. Muitas valas e pedras pelo caminho. Veículos com um vão livre maior terão mais facilidade para vencer o trecho.

- Trajeto pode ser feito também no sentido contrário. É uma opção a Estrada Real para aqueles que desejam mais emoção.
River

Balneário Rio Picão

Waypoint

Estrada para Areias

Início trecho de terra
Waypoint

Esquerda

Waypoint

Rio

Waypoint

Rio

Waypoint

Cabeça de Boi

Santana do Rio Preto
Risk

Início erosões

Waypoint

Serra dos Linhares

víðmynd

Mirante

Waypoint

Rio Tanque

Waypoint

Ipoema

Brú

Rio Preto

Brú

Ponte

Krossgötum

Direita

Atalho Cabeça de Boi
Waypoint

Rio Preto do Itambé

Krossgötum

Esquerda p/ Mirante

Krossgötum

Direita p/ Mirante

Início single track
Waypoint

Serra dos Alves

Upplýsingar

Estrada Real

Waypoint

Fim erosões

Athugasemdir

    You can or this trail